Sistema de Logística Reversa do IBER em permanente evolução

Novas categorias de empresas passaram a fazem parte da plataforma: os fabricantes de componentes, distribuidores exclusivos de baterias industriais, centros de distribuição e os operadores logísticos. Além disso, o sistema passará a gerir os dados incluindo a informação do município onde as empresas estão realizando as movimentações para implementação do projeto piloto junto aos varejistas e órgãos de controle municipais.

O sistema de Logística Reversa do IBER está em constante evolução. Para melhor atender as demandas da cadeia produtiva de baterias chumbo-ácido, novas funcionalidades foram recentemente implementadas. Quatro novas categorias de empresas agora fazem parte da plataforma: os fabricantes de componentes, fornecedores estratégicos para os grandes produtores; os distribuidores exclusivos de baterias industriais, centros de distribuição e ainda os operadores logísticos.

Além disso, para aprimorar a integração com as autoridades ambientais e contribuir ainda mais para o atendimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) em todo País, o sistema passa agora a gerir as movimentações por município. O acesso às informações pelos órgãos ambientais de cada estado está mais facilitado e estratégico, permitindo consultas em tempo real.

As informações municipais são fundamentais para os trabalhos recentemente iniciados pelo IBER e parceiros. Com a adesão das empresas de comércios varejistas, que, ainda este ano, contarão com um aplicativo para reportar seus dados de logística reversa, a base de dados gerenciada ganhará volume e apontará com precisão geográfica onde o cumprimento da legislação ambiental avança e onde será preciso trabalhos mais robustos para solução de deficiências. Esse último processo se tornou ainda mais assertivo com a assinatura do Termo de Cooperação Técnica com a Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente (ANAMMA), que aconteceu no último dia 08/06.

Juntos, IBER e ANAMMA planejam desenvolver propostas e realizar eventos junto aos governos municipais, para apoiar a celebração de Termos de Compromisso com os Estados e contribuir com melhorias nas legislações das cidades, tornando o acompanhamento sobre o cumprimento da PNRS mais efetivo com relação às empresas locais, por exemplo.

Comentários