IBER passa a integrar Comissão Permanente de Logística Reversa no Rio de Janeiro

Objetivo da Comissão é promover a discussão e a implementação da logística reversa em diferentes cadeias produtivas no Estado.

O Instituto Brasileiro de Energia Reciclável – IBER integrará a Comissão Permanente para a Logística Reversa do Rio de Janeiro, participando diretamente da construção das bases técnicas e marcos legais que ajudarão a conduzir o Estado fluminense ao atendimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS).

A articulação entre diversas entidades, sob a liderança da Superintendência de Gestão de Resíduos Sólidos da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEAS) e o Instituto Estadual do Ambiente (INEA) é o principal objetivo da formação da Comissão, que promoverá a discussão e a implementação da logística reversa em diferentes cadeias produtivas.

Uma das metas é avaliar e acompanhar a implementação dos Termos de Compromisso com o Rio de Janeiro, trabalho que o IBER está conduzindo para o setor de baterias em cinco estados brasileiros e que tem apresentado resultados importantes de atendimento à PNRS.

A definição de metas e ações corretivas para a implementação de sistemas de logística reversa é outro ponto fundamental no conjunto de objetivos traçados pela Comissão Permanente.

“Considerando ser assunto de interesse mútuo, com complexidade para sua implantação, o qual necessita do envolvimento e engajamento de diversos setores e atores, entendemos que a formação de uma Comissão Permanente para a Logística Reversa deve ser uma das estratégias para o avanço da temática”, sustenta a SEAS.

Comentários