IBER e ANAMMA firmam Acordo de Cooperação Técnica para ampliar atendimento à PNRS nos municípios brasileiros

Entidades atuarão como facilitadores para acompanhar a atuação do comércio na Política Nacional de Resíduos Sólidos. Um Grupo Técnico foi formado para coordenar ações e manter interlocução com entes municipais e estaduais e órgãos vinculados à legislação ambiental no País.

O Instituto Brasileiro de Energia Reciclável (IBER) e a Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente (ANAMMA) formalizaram um Acordo de Cooperação Técnica para expandir o atendimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos nas cidades brasileiras e nos comércios de baterias chumbo-ácido.

O primeiro passo concreto da parceria é a formação de um Grupo Técnico, que irá coordenar as propostas de trabalho que nascerão do trabalho conjunto entre as entidades e que estará à frente da interlocução junto a Prefeituras, órgãos municipais, Conselhos Estaduais de Meio Ambiente e ao Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama).

IBER e ANAMMA atuarão como facilitadores para resolução de entraves, estruturação de medidas, interlocução entre Poder Público e setor privado e construção de instrumentos únicos para implementação da PNRS nos municípios.

A assinatura do documento que oficializa a parceria aconteceu em reunião virtual que contou com a participação do secretário de Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, André França, de diversos secretários municipais de Meio Ambiente e das diretorias das duas entidades.

No encontro, ficou definido que o IBER apresentará o seu sistema de Logística Reversa para internalizar o sistema em uma proposta de política pública nacional. Em 2021 se inicia o projeto-piloto voltado para os comerciantes varejistas, cuja ferramenta de gestão será um aplicativo que estará disponível ainda neste ano.

Comentários