IBER contribui diretamente para resultados do Programa Lixão Zero do MMA

O Instituto Brasileiro de Energia Reciclável (IBER) tem participação direta nos resultados alcançados pelo Programa Lixão Zero, do Ministério do Meio Ambiente do Governo Federal. O conjunto de iniciativas da União completa um ano nesta primeira semana de maio e tem como objetivo principal melhorar a gestão de resíduos sólidos urbanos no Brasil. Um dos principais instrumentos nessa jornada é o Acordo Setorial para logística reversa de baterias de chumbo-ácido, do qual o IBER é a entidade gestora.

O IBER e suas 192 empresas associadas, presentes em praticamente todos os estados brasileiros, garantiram a destinação correta de 256 mil toneladas de chumbo, garantindo 89% de reaproveitamento desse resíduo. O percentual supera em 14 pontos percentuais a meta para o primeiro ano prevista no Acordo Setorial, de 75%.

No Acordo Setorial estão previstas as ações e obrigações práticas para a gestão adequada, a prevenção e o tratamento adequado de resíduos de chumbo. Fazem parte dele também um conjunto de propostas que visam ampliar os patamares de reciclagem, de reutilização dos resíduos sólidos e garantir a destinação adequada, com a participação de empresas ambientalmente corretas. O processo de certificação do IBER para a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) foi crucial para superar as metas. Outra ferramenta crucial são os Termos de Compromisso firmados com Estados brasileiros: já foram celebrados instrumentos legais com entes federativos de três das cinco regiões do País. O IBER ainda esteve presente em 11 dos 27 estados e possui diversas propostas em andamento.

Comentários