Adotar a logística reversa é mais do que cumprir a lei. É tornar seu negócio mais produtivo e melhor reconhecido pelos consumidores

O IBER preparou um breve tira-dúvidas sobre Logística Reversa e sua relevância para os negócios hoje. Saiba quais as penalidades, sanções e multas para quem não cumpre a legislação vigente e como comprovar a regularidade de sua empresa.

A logística reversa é uma via de mão dupla. Para a empresa, significa se tornar mais produtiva e reduzir custos. Para o Meio Ambiente, reduzir os impactos do conjunto de operações de diversos segmentos econômicos. Hoje, está mais do que superada a discussão de que estruturar um processo de logística reversa e comprovar os dados é ter “mais despesas” em um negócio. Cumprir a legislação vigente é ser reconhecida no mercado e pelos consumidores como uma organização ética e comprometida com a Sustentabilidade. Para ajudar um pouco melhor, elaboramos um breve Tira-Dúvidas. Confira:

01) Quem fiscaliza minha empresa?
Com o início da vigência da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), que completou 10 anos em 2020, os mecanismos de controle e de fiscalização têm se tornado mais refinados ano após ano. Com o surgimento das entidades gestoras e a assinatura de Acordos Setoriais, Termos de Compromisso e Resoluções com Estados, o cruzamento e comprovação de dados e a aplicação de novas tecnologias para verificação do cumprimento da lei permitem às autoridades ambientais serem mais eficazes.

Porém, o grande diferencial tem sido a união: está consolidado no Brasil um ecossistema formado pelas autoridades ambientais, entidades gestoras como o IBER, empresas que cumprem a lei, entidades de classe. Todos unidos em prol da Sustentabilidade e em identificar quem não está sequer obedecendo a legislação. O objetivo não é uma “caça às bruxas”. Pelo contrário: a meta é que a formalização e o atendimento à PNRS sejam a regra para todas as empresas.

No entanto, quem insiste em não acompanhar a evolução legal e ambiental esta suscetível a penalidades como perder a licença de seu negócio e sanções como multas, que podem variar de R$ 5 mil a R$ 50 milhões. O impedimento para emitir ou renovar suas licenças de operação e instalação já iniciou em alguns estados e até mesmo a liberação de alvará de funcionamento está sendo estruturada para garantir que s empresas de todas as categorias estejam devidamente regularizadas perante à lei ambiental vigente.

Mas adotar a logística reversa serve apenas para não ser multado ou impedido de funcionar?
De jeito nenhum. Vamos começar falando sobre os benefícios financeiros: promover logística reversa permite alcançar uma diminuição significativa nos gastos com aquisição de matéria-prima nas empresas do setor industrial. Esse é o primeiro resultado direto.

Além disso, os consumidores hoje, em sua maioria, dão preferência a empresas que adotam políticas e práticas sustentáveis. Estão dispostos a pagar até mais caro por um produto que tenham a comprovação de que foi produzido e comercializado por negócios engajados na construção de uma sociedade que respeita o Meio Ambiente.

Quem são meus parceiros no atendimento da PNRS?
As entidades gestoras são as grandes aliadas nessa jornada de cumprimento da legislação. O IBER, reconhecido como entidade para a cadeia produtiva de baterias em todo o País, é uma associação civil sem fins lucrativos e seu maior objetivo é expandir o atendimento à PNRS, gerenciando um sistema coletivo de logística reversa, e, com isso, tornar o setor de baterias uma referência no Brasil.

E quais as vantagens de fazer parte de um sistema coletivo de logística reversa?
Antes de tudo, sua empresa estará em evidência positiva, tanto para o Mercado quanto para os órgãos de controle. Em segundo lugar, terá garantia da comprovação de regularidade e proteção contra sanções legais. Importante: terá acesso a uma ferramenta de alto padrão para gerir sua logística reversa e uma equipe de especialistas disponível para prestar suporte em todas as etapas da gestão, além de ofertar capacitações. Esse mesmo time está pronto para identificar oportunidades para o seu negócio como isenções de documentos e integração com outras empresas do setor. Por fim, sua Imagem & Reputação ganham valor e sua empresa passa ser reconhecida como comprometida com a Sustentabilidade do Brasil.

Como me torno um associado do IBER?
Para se tornar um associado basta acessar o nosso site www.iberbrasil.org.br ou encaminhar um e-mail para atendimento@iberbrasil.org.br. A equipe lhe orientará durante todo o processo.

Comentários